Como aplicar o minimalismo no seu dia a dia

​Nunca tivemos tanto como nos dias de hoje. Objetos, ideias, atividades: tudo parece estar ao nosso alcance. Ironicamente, todo esse excesso não tem nos feito felizes. Pelo contrário: estamos constantemente saturados de compromissos, gastando mais do que o necessário, sem viver aquilo que realmente é importante. É na contramão disso tudo que surge o minimalismo, uma filosofia que defende um jeito de viver mais simples, consumindo menos, tendo menos coisas e mantendo na própria vida apenas o que é essencial e faz sentido a cada um de nós. Quer saber como aplicar o minimalismo na sua vida? Siga essas dicas.

Livre-se do que não usa mais

Um dos princípios do minimalismo é o de que temos muito mais objetos do que realmente precisamos. Basta pensar no guarda-roupa cheio de peças que nunca usamos Liberar-se de coisas que não usamos cria espaço físico e mental na sua vida. Uma das maiores gurus nesse assunto é a consultora japonesa Marie Kondo que defende que o ritual de limpar e organizar a casa de uma maneira mais simples pode ser uma verdadeira forma de transformação na vida das pessoas. Experimente!

 

Consuma menos

No mundo do excesso, comprar é uma forma de diversão. Na prática, é como jogar tempo e dinheiro no lixo. Por isso, os adeptos do minimalismo compram o mínimo possível e aproveitam tudo o que têm até o final. E, como consequência, acabam gastando menos (e precisando de menos dinheiro) no final do mês.

 

Viva com o essencial

Casas menores, com menos móveis e somente o essencial em termos de objeto. Essa é a escolha de quem adota o minimalismo. Se, por um lado, abrem mão dos luxos do conforto, por outro vivem uma vida mais despreocupada, onde focar naquilo que faz sentido e traz felicidade é o lema. Focando em menos atividades, acaba sobrando mais tempo para se dedicar a elas e viver intensamente cada momento.

 

Adote o minimalismo como filosofia de vida

Um efeito colateral de se adotar o pensamento do minimalismo é que a vida como um todo passa por uma "limpeza¨ dos excessos. Hábitos, relações e até a vida profissional podem passam por mudanças. Um antigo vício que só traz prejuízo, uma amizade que não funciona mais e até um emprego que não faz mais sentido podem acabar ficando para trás. O resultado é uma vida mais leve, com mais significado e a sensação de ter a vida sob controle. Não custa nada, literalmente, experimentar.